Camaçari: MP pede prisão de secretária de Elinaldo por ʹexigir propinaʹ


Além do presidente da Câmara e outros 17 vereadores, o Ministério Público da Bahia (MP-BA) pediu a prisão preventiva da secretária de Desenvolvimento Urbano de Camaçari, Juliana Paes, em outra denúncia, por suposta exigência de propina para liberação de empreendimento mobiliários na cidade. Ela é acusada de associação criminosa, corrupção passiva e peculato. De acordo com o promotor de Justiça Everardo Yunes, autor da denúncia, a secretária e o marido Aridã de Souza Carneiro chefiavam uma quadrilha que exigia propinas de empresas e investidores interessados na aprovação de empreendimentos imobiliários de médio e alto luxo no município. Outras seis pessoas que participavam do esquema criminoso supostamente comandado pela secretária e o marido, dentre elas quatro servidores públicos, foram denunciados e também responderão a uma ação civil pública por ato de improbidade administrativa. Conforme a promotoria, além de praticar atos ímprobos, eles utilizavam-se, indevidamente, dos nomes de detentores de cargos eletivos para obter com maior facilidade as vantagens econômicas ilegais. Juliana Paes e Aridã Carneiro ainda são acusados de utilizar em proveito próprio um veículo caminhonete de propriedade da prefeitura, que foi recebido como doação em uma contrapartida de licenciamento de um empreendimento. Um relatório técnico da Superintendência de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública comprovou que o veículo ficava à disposição do marido da secretária municipal, que o utilizava em atividades pessoais. Diante dos fatos, o Ministério Público denunciou o casal pelo crime de peculato, praticado de junho de 2017 a fevereiro deste ano. Eles também respondem a uma ação civil pública por ato de improbidade administrativa. (Metro1)
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!