Conselho de Ética começa a julgar pedido de cassação de Lúcio



Deputado será investigado pela denúncia de quebra de decoro parlamentar por envolvimento no caso dos R$ 51 milhões encontrados pela PF no chamado ‘bunker’ de seu irmão Geddel Vieira Lima.

O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados instaurou nesta terça-feira (27) quatro processos disciplinares que podem culminar na cassação do baiano Lúcio Vieira Lima (MDB-BA), de Paulo Maluf (PP-SP), de Celso Jacob (PMDB-RJ) e de João Rodrigues (PSD-SC).

Também baiano, o presidente do conselho, deputado Elmar Nascimento (DEM), escolherá os relatores a partir de listas tríplices sorteadas entre os integrantes do conselho. No caso de Lúcio, o relator está entre os deputados Covatti Filho (PP-RS), Hiran Gonçalves (PP-RR) e Zé Geraldo (PT-PA).

Lúcio será investigado pela denúncia de quebra de decoro parlamentar por suspeita de envolvimento no caso dos R$ 51 milhões encontrados pela Polícia Federal no chamado ‘bunker’ de seu irmão Geddel Vieira Lima em Salvador.

Prazo

Apesar de o Código de Ética estabelecer prazo de 90 dias úteis para tramitação de processos no Conselho de Ética, cada caso pode se arrastar por vários meses, de acordo com publicação do G1.

Outra questão que pode interferir no trâmite dos processos é o calendário legislativo até o recesso, que começa oficialmente em 18 de julho. Nas semanas em que há feriado, a Câmara costuma reduzir o ritmo de trabalho e chega a ficar sem atividades por uma semana inteira.

Outro fator pode contribuir para atrasar o processo: a Copa do Mundo deste ano.

Fonte: bahia.ba
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!