Huck comprou jatinho após empréstimo de R$ 17,7 milhões do BNDES



Possível candidato à Presidência da República, o apresentador Luciano Huck utilizou R$ 17,7 milhões do BNDES para comprar um jatinho particular da Embraer. O empréstimo foi feito em 2013 por meio do programa BNDES Finame (Financiamento de Máquinas e Equipamentos) com juros de 3% ao ano e 114 meses de amortização para o pagamento.


Segundo o blog Tijolaço, o crédito foi tomado pela Brisair Serviços Técnicos Aeronáuticos Ltda, que tem Huck e a esposa, Angelica, como sócios, e teve o Itaú como operador. Ainda de acordo com o blog, a Brisair funciona em uma sala da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, e no registro na Receita Federal afirma atuar com "consultoria em gestão empresarial, exceto consultoria técnica específica".


Em nota enviada ao jornal Folha de S. Paulo, a assessoria do apresentador disse que o Finame "é um programa do BNDES de incentivo à indústria nacional, por isso financia os aviões da Embraer".

O banco, por sua vez, afirmou que "até dezembro de 2017, havia 1.036.572 operações registradas no BNDES com as condições do PSI (Programa de Sustentação do Investimento), o que demonstra a pulverização do programa entre milhares de empresas de todo o Brasil".
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!