Educadores itabunenses debatem avaliação e mediação Pedagógica




Com debates, palestras e reflexões focados na Avaliação e Mediação Pedagógica na perspectiva de garantir o direito de aprender de todos os alunos e alunas da Rede Pública Municipal de Ensino de Itabuna, professores, coordenadores pedagógicos, diretores de escolas, assessores e técnicos da Secretaria da Educação estão reunidos na XXX Jornada Pedagógica de Itabuna. O evento teve início nesta quinta-feira (1º) e prosseguirá na sexta-feira, 2, com atividades de planejamento pedagógico nas 92 escolas municipais.

Citando em seu pronunciamento o Artigo 210 da Constituição Federal que diz: “serão fixados conteúdos mínimos para o ensino fundamental, de maneira a assegurar formação básica comum e respeito aos valores culturais e artísticos, nacionais e regionais", a secretária da Educação, Anorina Alves Smith Lima, destacou o atual momento de mudanças que estão sendo implementadas na Rede Municipal de Ensino de Itabuna, por conta da consolidação da nova Proposta Pedagógica com a escolarização anual. 

“Após 14 anos, estamos rompendo em definitivo com a proposta de Ciclos de Formação Humana, sem currículo, sem identidade e sem avaliação, cujos reflexos negativos estão nos baixos índices alcançados pela Escola Grapiúna em mais de uma década. Com a nova proposta focada na avaliação e mediação pedagógica, queremos garantir o direito de aprender dos alunos e alunas desta Rede de Ensino”, justificou Anorina. Ela disse ainda que a temática da Jornada foi definida numa perspectiva de discutir temas que envolvem a reflexão da prática docente e da responsabilidade de todos que estão no contexto da escola.

O vice-prefeito Fernando Vita, que na oportunidade representou o prefeito Fernando Gomes, enfatizou as dificuldades financeiras enfrentadas pelos municípios brasileiros que, segundo ele, deve-se à injusta distribuição dos recursos entre os entes da federação. “Por conta disso, estamos o nosso município está tendo dificuldades para honrar seus compromissos com o funcionalismo municipal e priorizar investimentos em áreas prioritárias, a exemplo da Educação”, disse. Após agradecer aos educadores presentes, Vita declarou aberta a XXX Jornada Pedagógica de Itabuna.

A XXX Jornada Pedagógica teve sequência à tarde, com a segunda palestra proferida pela professora doutora Luciana Sedano de Souza, abordando a “Base Nacional Comum Curricular (BNCC) na Prática: entender para criar Ações Curriculares”. Às 16 horas, a diretora do Departamento de Educação Básica, Elisângela dos Santos Messias, conduziu um colóquio sobre a “Contextualização do Processo de Construção da Proposta Político Pedagógica da Rede Municipal de Ensino de Itabuna”. As atividades do dia 02 de março serão desenvolvidas nas unidades escolares.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!