Gilmar Mendes solta quatro condenados em 2ª instância


O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes concedeu liminar favorável a quatro réus acusados de fraudes no setor de bebidas que foram presos antes de esgotados os recursos nas instâncias superiores, de acordo com o jornal Folha de S. Paulo. Ele mencionou casos anteriores em que o STF suspendeu a execução provisória da pena até que recursos pendentes no STJ fossem julgados. Os réus estavam detidos desde junho de 2017 em razão de investigação iniciada em 2004. Os advogados dos acusados, Nelio Machado e João Francisco Neto, argumentaram que, enquanto o STF não decide de forma definitiva sobre a prisão após condenação em segunda instância, cada caso deve ser analisado conforme suas peculiaridades. Em 2016, Gilmar votou no plenário pela possibilidade de executar a pena após a decisão de segundo grau, mas sinaliza que mudará de opinião. (BN)
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!