Pesquisa: maioria dos alemães quer aproximação com a Rússia



Quase 60% dos alemães são favoráveis a uma aproximação política do país com a Rússia, segunda pesquisa divulgada neste sábado (17).


De acordo com a pesquisa realizada pelo instituto sociológico Civey para o jornal Die Welt, 58% dos entrevistados acreditam que as autoridades alemãs precisam tomar medidas para a aproximação com a Rússia.

Apenas 26% dos alemães acreditam que Berlim deve se distanciar da Rússia e 14% dos alemães estão satisfeitos com o estado atual das relações entre os dois países, segundo aponta o relatório.

A pesquisa foi realizada de 9 a 16 de março com mais de 5 mil pessoas. A margem de erro é de cerca de 2,5%.

As relações entre a Rússia e os estados ocidentais, incluindo a Alemanha, se deterioraram em meio à crise ucraniana. O Ocidente culpou Moscou pelo conflito do leste da Ucrânia, e se recusam desde então a reconhecer a reunificação da Crimeia com a Rússia. A Crimeia escolheu voltar a fazer parte do território russo por meio de um referendo realizado em março de 2014 na península.

O Ocidente, incluindo os Estados membros da União Europeia, impuseram várias rodadas de sanções contra o país presidido por Vladimir Putin por suposta interferência nos assuntos internos da Ucrânia.

A Rússia repetidamente refutou as alegações de interferência nos assuntos da Ucrânia, advertindo que as sanções ocidentais são contraproducentes e prejudicam a estabilidade global. Com informações do Sputnik Brasil.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!