Rio de Janeiro já tem 47 mortes confirmadas por febre amarela



 A Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro confirmou nesta quarta-feira (28) novas mortes por febre amarela no estado. O Rio já soma 47 mortes e 103 casos confirmados da doença, em 21 municípios de várias regiões.

O maior número de mortes foi registrado em Angra dos Reis, que soma 11, de um total de 21 casos. Em Teresópolis e Valença, foram seis mortes em cada município. Em Nova Friburgo e Cantagalo, foram três mortes (cada).

Quatro municípios registraram duas mortes: Rio das Flores, Sumidouro, Engenheiro Paulo de Frontin e Trajano de Moraes. Também tiveram mortes as cidades de Miguel Pereira, Duas Barras, Vassouras, Paraíba do Sul, Carmo, Maricá, Mangaratiba, Piraí, Cachoeiras de Macacu e Rio Claro. Em dois lugares houve casos registrados, mas não mortes: Petrópolis e Paty do Alferes.

A Secretaria de Saúde ainda confirmou mortes de macacos com febre amarela nos municípios de Niterói, Barra Mansa, Angra, Valença, Miguel Pereira, Volta Redonda, Duas Barras, Paraty, Engenheiro Paulo de Frontin, Araruama e Seropédica. A Secretaria ressalta que os macacos não são responsáveis pela transmissão da febre amarela. A doença é transmitida por meio da picada de mosquitos.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!