PGR cobra que PF compartilhe itens recolhidos nas casas de Loures e do coronel Lima


A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, cobrou ao Supremo Tribunal Federal (STF) que a Polícia Federal compartilhe itens recolhidos durante o cumprimento de mandados de busca e operação realizados no último ano. De acordo com informações da jornalista Andréia Sadi, do G1, o documento pede acesso ao que foi encontrado nas casas de Rodrigo Rocha Loures, ex-deputado e ex-assessor de Temer; do coronel aposentado João Batista Lima Filho, amigo de Temer; nas empresas Argeplan e Rodrimar, e na sede do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). “Verificou-se que a autoridade policial não encaminhou alguns itens apreendidos, sendo necessário ultimar a análise de tais bens e documentos, ante o lapso temporal já decorrido desde a deflagração da Operação Patmos", relatou Dodge no ofício enviado ao STF, que foi assinado no último dia 9 de abril.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!