Auxílio-Moradia Pago a Juízes e Desembargadores Baianos Custou Mais De R$ 2,5 Milhões Em Um Unico Mês.


O auxílio-moradia pago a juízes e desembargadores baianos custou quase R$ 2,5 milhões aos cofres do Estado em fevereiro deste ano, segundo dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). De acordo com o levantamento, 600 juízes receberam o benefício no valor de R$ 4.337. O pagamento é polêmico, pois não há uma regulamentação clara sobre a concessão. Em tese, magistrados deslocados de suas comarcas de origem poderiam receber o bônus. A benesse seria vedada ainda a casais de magistrados que moram no mesmo endereço. A prática, no entanto, é diferente. Magistrados ingressam com ações judiciais para garantir o abono. De acordo com o CNJ, além de auxílio-moradia, os juízes podem requerer auxílios alimentação, pré-escolar, saúde, natalidade e até ajuda de custo para pagar a conta do celular.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!