Cavani Abre o Jogo e Admite Que Teve Sim Problema Com Neymar.


Em entrevista ao canal francês RMC na noite desta quarta-feira (2), Edinson Cavani falou sobre a temporada do Paris Saint-Germain e não se esquivou quando o assunto foi Neymar. O atacante francês reconheceu que teve “problema” com o astro brasileiro e lembrou do famoso episódio do pênalti, sobre quem cobraria: ele ou o então novo camisa 10.


"Sim, houve um problema com Neymar naquele momento por causa da penalidade, mas nós conversamos. Eu disse a ele que eu era o primeiro a querer que ele ganhasse honras pessoais, contanto que ele colocasse os objetivos do grupo à frente disso”, começou o camisa 9.

“Eu não sou uma estrela e se eu tiver colegas de equipe que possam ganhar recompensas pessoais, farei tudo que puder para ajudar, mas você sempre precisa definir as metas da equipe primeiro”, afirmou Cavani, deixando claro em seguida que o clube deu ordem para Neymar cobrar as penalidades.

"Em voz baixa, nós nos entendemos, e os líderes da equipe tomaram uma decisão. E eu respeitei essa decisão”, acrescentou o goleador.

Sobre as vaias que Neymar recebeu da torcida do PSG logo após as rugas com Cavani, o uruguaio reprovou. “As vaias públicas não são boas para ele. Eu me coloquei no lugar dele, e não gostei, honestamente", concluiu Cavani.

Além do assunto Neymar, Cavani reconheceu que falou mais união da equipe na temporada.

"Você ganha experiência a cada temporada, mas não é a experiência que faz você ganhar jogos. Você comete erros, você perde coisas e, para mim, o futebol é como a vida, temos que dar o melhor e estar juntos, temos que ser mais unidos juntos, temos que nos expressar mais como um grupo e não apenas como uma equipe, temos que ser irmãos, uma família. É claro que temos que mudar as coisas, mas leva tempo para nos conhecermos melhor no vestiário”, avaliou o jogador.

Sobre deixar o Paris na próxima janela de transferência, como é especulado na imprensa europeia, Cavani afastou a possibilidade.

"O relacionamento com este clube cresceu por um tempo, estou muito feliz com o PSG. Eu realmente quero alcançar as metas estabelecidas pelo clube, eu sonho de ganhar a Liga dos Campeões", afirmou.

“Não penso em sair, ao contrário do que algumas mídias publicaram. Sempre respeitei meus contratos, sou muito feliz aqui, tenho um contrato até 2020, quando fizer 31 anos. Acho que posso jogar duas ou três temporadas no nível mais alto e quero me concentrar nisso. Não sei como estarei em 2020. Estou feliz por estar no PSG", finalizou.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!