Cristina Kirchner e filhos são indiciados por lavagem de dinheiro





A ex-presidente Cristina Kirchner, assim como seus filhos Máximo e Florencia, foram indiciados nesta segunda-feira (14), por lavagem de dinheiro.


Esta é o quinto processo judicial pela qual a ex-mandatária vem sendo investigada, e envolve o uso dos hotéis que pertencem à família Kirchner na Patagônia.

Por meio deles, teriam passado as divisas ilícitas provenientes de desvios de verbas destinadas a obras públicas num esquema em que estava envolvido o empresário Lázaro Báez desde a gestão de seu marido e antecessor, Néstor Kirchner (2003-2007).

Báez, amigo da família, se encontra preso esperando julgamento.


A Justiça também determinou o embargo de 800 milhões de pesos (R$ 116 milhões) de cada um dos envolvidos.

Cristina responde ainda a processos por evasão de divisas devido a informação privilegiada, enriquecimento ilícito e desvio de verbas relacionadas a outras obras públicas.

Outros funcionários do período kirchnerista (2003-2015) ta
mbém estão sendo processados, como o ex-ministro do Planejamento, Julio De Vido, e o ex-vice-presidente, Amado Boudou.

No caso da lavagem de dinheiro por meio dos hotéis na Patagônia também estão sendo acusadas outras 17 pessoas. Com informações da Folhapress.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!