Enfermeira é presa suspeita de tentar matar recém-nascidos em UTI no RJ


Um enfermeira identificada como Simone Anjos dos Santos de 41 anos, foi presa, nessa quarta-feira (2), suspeita de tentar matar quatro recém-nascidos que estavam em incubadoras na UTI Neonatal do Hospital Rede DOr São Luiz, no centro do Rio de Janeiro. A mulher teria intencionalmente, rompido com tesoura e com as próprias mãos, cateteres colocados nas vítimas.


Segundo as investigações da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima, (DCAV), após ocorrer o atentado os bebês foram expostos aos riscos iminentes de hipoglicemia e de contraírem infecção de corrente sanguínea relacionada ao cateter, que levariam a morte. 


A Polícia Civil relatou que testemunhas ainda serão ouvidas, além de ser feita uma verificação da integridade física das crianças e "aprofundamento acerca do ritual perpetrado pela indiciada já que o modus operandi se repete, conclusão obtida através de análise de imagens colhidas", comunicou a corporação.


A unidade de saúde esclareceu que não houve qualquer dano ou consequência aos pacientes em decorrência do reportado. A Rede DOr São Luiz possui e segue continuamente rígidos protocolos de segurança, tendo imediatamente, e de modo preventivo, afastado a profissional, e em seguida emitiu um comunicado as autoridades policiais competentes para devidos inquéritos e providências
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!