Madri Rejeita Gabinete Proposto Por Novo Líder Da Catalunha.


O governo espanhol rejeitou nesta segunda-feira (21) a equipe escolhida pelo novo presidente da Catalunha, o separatista Quim Torra.


Com a decisão, Madri continua tendo o controle direto sobre a região catalã. A capital espanhola e Barcelona vivem um impasse há meses, devido ao processo de independência da Catalunha.


Quatro ministros nomeados para o gabinete de Torra não foram aceitos pelo primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, já que dois deles estão em prisão definitiva e os outros dois, foragidos. Todos são acusados de rebelião e uso indevido de verbas públicas.

"Espero que, em breve, exista um governo que seja viável, que abedeça à lei e que entre em diálogo conosco", disse o premier.

No entanto, Torra afirmou que pretende manter sua equipe do jeito que está. O recém nomeado presidente catalão visitou a prisão de Estremera, nas proximidades de Madri, onde estão detidos diversos líderes separatistas, como Jordi Turull e Josep Rull. Ambos foram incluídos como membros do seu governo.

Apoiado pelo destituído Carles Puigdemont, Torra, de 55 anos, foi eleito presidente regional da Catalunha no dia 14 de maio, com 66 votos a favor e 65 contra. Uma de suas promessas foi de continuar lutando para "construir um Estado independente" da Espanha. Com informações da ANSA.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!