Ministro do TSE diz que voto impresso é inconstitucional


O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Admar Gonzaga solicitou em debate na capital paulista nesta sexta-feira (11) que a Corte julgue inconstitucional a implementação do voto impresso nas eleições, de acordo com informações do Estadão. Segundo Gonzaga, o dispositivo que imprime e salva o voto na urna eletrônica, sem exibir o comprovante, pode ter falhas e invalidar o voto de sessões eleitorais no país. "Vamos gastar R$ 2 bilhões, isso me deixa doente, para bater palma para perdedor. Isso não entra na minha cabeça, não convém à democracia e, para mim, é inconstitucional", declarou. Para o ministro, o voto impresso é um problema ainda maior do que as "fake news". Ainda de acordo com o magistrado, um mesário poderia abrir o dispositivo para verificar o erro e violar o sigilo do voto do eleitor.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!