Precisamos Acabar Com Essa Hipocrisia Diz Bacelar Sobre Legalização De Jogos De Azar.


A falta de consenso entre parlamentares que são contra e a favor da legalização dos jogos de azar no Brasil, proibidos no país desde 1946, é um dos motivos que mantém a matéria em discussão na Câmara dos Deputados. Em março, a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) rejeitou o Projeto de Lei do senador Ciro Nogueira (PP) que legalizaria as práticas. Para quem anda sonhando com bicho, porém, calma. Um novo projeto já está pronto para ir para o plenário da Câmara ao lado do texto de Nogueira, derrotado no Senado. Pelo menos é o que garantiu o deputado federal Bacelar (Podemos), grande apoiador da legalização dos jogos de azar no Congresso. “A gente iria criar emprego e gerar impostos. Desenvolver locais e uma cadeia produtiva lucrativa”, discursou o deputado. O assunto pode até dividir opiniões no legislativo, mas de acordo Bacelar, a discussão em Brasília não impede a prática dos jogos e a geração de riquezas por eles fora da lei. “Precisamos acabar com essa hipocrisia no Brasil. O jogo é praticado mesmo com a proibição e deixa de arrecadar R$ 20 bilhões para o governo”, contabilizou o parlamentar. “Só com a liberação do Jogo do Bicho a gente traria para legalidade mais de 450 mil empregos no Brasil", sugere.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!