Terceiro Eixo Suspenso: César Borges Fala Em Perda De R$ 600 Mil Ao Ano.


O ex-governador da Bahia, César Borges (PR), atualmente presidente da Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR), apontou uma perda inicial de arrecadação de R$ 600 milhões, ao ano, com a medida dos governos  de suspender a cobrança do pedágio do terceiro eixo suspenso de caminhões que passam pelas cabines sem cargas.

Segundo a coluna do Estadão, o também ex-ministro dos Transportes, no governo Dilma Rousseff, aguarda o fim da greve dos caminhoneiros, que entrou nesta quarta-feira (30) no décimo dia, para calcular os prejuízos causados pela redução no fluxo de veículos nas rodovias.

Não pagar pelo terceiro eixo suspenso é uma das exigências dos grevistas que alegam que os custos de operação, como o preço do litro do diesel, tem tornado o valor do frete inviável.

No domingo (27), tanto o governador Rui Costa (PT) quanto o presidente Michel Temer (MDB) anunciaram a suspensão da cobrança, mas a medida ainda não foi colocada em prática nas praças de pedágio.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!