Torturado Por Oficial Chinês Ouve: “Cristo Te Ensinou a Me Amar.


Um cristão chinês, que foi preso no início deste mês apenas por participar de um culto na sua igreja, relatou em uma carta a tortura e a zombaria que sofreu na cadeia. Enquanto um oficial lhe agredia, insistia que Jesus mandava “amá-lo”. A missão  que monitora a perseguição aos cristãos no país comunista, divulgou uma versão em inglês da carta assinada pelo seminarista Song Enguang. O jovem é um dentre os milhares de cristãos presos recentemente pelas autoridades chinesas, que tentam reprimir as manifestações religiosas em todo o país. Ele e sua esposa estavam em culto na igreja Early Rain Covenant, na cidade de Chengdu. Ambos foram presos. Segundo o pastor da igreja, Wang Yi, logo que o seminarista foi levado a uma “câmara de interrogatório” dentro da delegacia, pediram que ele confessasse que é um pregador. “Um guarda me arrastou para o canto da sala, gritando comigo, fez eu me agachar. Um policial tirou meus óculos e bateu várias vezes na minha cabeça. Eu estou aqui há algum tempo, foi um interrogatório brutal”, escreveu ele na carta que enviou à sua igreja. “Eles me xingaram e me empurraram. Revezaram-se enquanto me machucavam”, acrescenta. Enguang disse que depois de um tempo foi levado a um oficial que dizia ser “seu líder”. Esse homem, que não revelou o nome, fazia perguntas sobre a Bíblia enquanto batia nele.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!