Brasil reencontra Suíça, que quase eliminou a seleção na Copa de 50



ACopa de 1950, no Brasil, quase terminou antes para a seleção brasileira. Após uma estreia consistente contra o México, com vitória por 4 a 0 no Maracanã, diante de 81 mil pessoas, os jogadores do Brasil foram até São Paulo, para enfrentar a Suíça do jovem treinador Franco Andreoli, de apenas 35 anos. 


No primeiro jogo, os europeus haviam perdido por 3 a 0 para a Iugoslávia, em partida realizada em Belo Horizonte. Mas o Brasil, amplo favorito, não soube aproveitar a fragilidade do adversário e quase colocou em risco a classificação para o quadrangular final. Com o famoso ferrolho, a Suíça segurou a seleção e conseguiu um 2 a 2 no placar. 

Na época, o sistema das Copas era diferente. Com quatro grupos, apenas o primeiro colocado de cada se classificava para a segunda fase, que era decidida por um grupo de quatro clubes que jogavam entre si. 

Como Brasil e Iuguslávia venceram o primeiro jogo, cada um tinha dois pontos (na ocasião a vitória ainda não valia 3 pontos). O empate com a Suíça fez os donos da casa ficarem com 3 pontos, 1 atrás da Iugoslávia, que havia vencido sua segunda partida, contra o México.

O Brasil foi então pressionado para o Maracanã enfrentar os iugoslavos. Um empate colocaria tudo a perder. Mas logo no início, aos 4'. Ademir Menezes abriu o placar para o Brasil. O atacante do Vasco viria a ser o artilheiro daquele Mundial, com incríveis 9 gols em 6 jogos. No meio do segundo tempo, Zizinho sacramentou a classificação brasileira: 2 a 0.

Apesar de quase desconhecida, a seleção suíça, que cruza novamente o caminho do Brasil em uma Copa, quase colocou em risco a campanha do país em sua própria casa. Na fase final, goleadas de 7 a 1 e 6 a 1 sobre Suécia e Espanha, respectivamente, e a fatídica derrota por 2 a 1 para o Uruguai no jogo decisivo, no famoso Maracanazzo. Talvez uma derrota para a Suíça naquela partida tivesse evitado traumas maiores.

As duas seleções têm encontro marcado para o próximo dia 17 de junho, em Rostov do Don, pelo Grupo E.

(Na foto, imagens do Brasil em ação no Mundial de 1950)
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!