Membros De Acampamento Pró-Lula Relatam Atropelamento e Tiros.


Membros do acampamento Marisa Letícia, localizado a cerca de 1 km da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR), relataram que foram vítimas de uma tentativa de atropelamento e de disparo de arma de fogo na manhã desta terça-feira (26). A organizadora Edna Dantas afirmou à reportagem que, por volta das 10h25, um homem tentou atropelar um grupo de militantes, deixou o local e retornou portando uma arma. Ela disse que o acampamento é alvo de ataques de "grupos fascistas" com frequência por defender o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Segundo Edna, o boletim de ocorrência deve ser registrado nesta quarta (27). A PM (Polícia Militar) informou que realizou um atendimento inicial no local e que entregou um número de protocolo aos envolvidos. Segundo a corporação, houve uma ligação ao número 190, relatando tiros no acampamento. Chegando lá, os agentes não encontraram o autor ou indícios do crime. Nas redes sociais do acampamento, integrantes relataram ameaças por parte do motorista, que os teria xingado de vagabundos e prometido matá-los. Em nota, a organização da vigília Lula Livre repudiou as supostas tentativas de atropelamento e disparos. "Nos solidarizamos e exigimos a apuração por parte das autoridades e responsabilização dos culpados." A Secretaria de Segurança do Paraná ainda não retornou contato da reportagem.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!