TJ-BA acredita que Bahia pode ter cerca de 5 mil mandados de prisão em aberto


O número de 2.188 mandados de prisão em aberto na Bahia, divulgado pelo Banco Nacional de Monitoramento de Prisões (BNMP) nesta sexta-feira (8), ainda deve crescer sensivelmente nos próximos meses. Segundo o supervisor do Grupo de Monitoramento e de Fiscalização do Sistema Carcerário (GMF) do Tribunal de Justiça (TJ-BA), Antonio Faiçal, cerca de 80% das varas de Justiça ainda não inseriram os dados de mandados na base de dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). “Eu estimo que contabilizaremos de 4 a 5 mil mandados de prisão em aberto no estado quando todas as Varas cadastrarem os seus processos no banco de dados”, estimou Faiçal. A defasagem no número divulgado se explica, de acordo com o supervisor, pelo plano de metas estipulado pelo CNJ, que até o dia 15 de maio pediu o cadastro prioritário de 100% da população que está, efetivamente, dentro do sistema prisional.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!