Violência na Nicarágua faz 127 mortos e repressão aumenta


A comissão Interamericana dos Direitos Humanos (CIDH) confirmou nessa quarta-feira (6) a morte de 127 pessoas na Nicarágua em protestos de rua e denunciou o agravamento da repressão.


A CIDH visitou o país há cerca de duas semanas e, segundo o secretário executivo Paulo Abrão, um relatório elaborado pela comitiva confirma que os protestos já deixaram 1.200 feridos.

"Parece que há um novo patrão da repressão instalado no país", concluiu.


Na opinião de Abrão, apesar da visita da comissão, a escalada de violência continua no país, com utilização de grupos paramilitares vestidos a paisana, que disparam contra estudantes e outros cidadãos que se manifestam contra o governo do presidente Daniel Ortega.

A Nicarágua vive uma crise sociopolítica há cerca de 50 dias, a mais sangrenta desde os anos 80. Com informações da Lusa.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!