Líder de ultra-direita francesa parabeniza vitória de seleção



A líder da ultradireita na França, Marine Le Pen, parabenizou a seleção de seu país por ter chegado à final da Copa do Mundo de 2018.


"Bravo, França! Até domingo!", escreveu no Twitter a deputada e mandatária do partido União Nacional, antiga Frente Nacional, que foi candidata a presidente da República em 2017, com um forte discurso anti-imigrantes.

Dos 23 convocados pelo técnico Didier Deschamps para a Copa, 17 são nascidos na França, mas filhos de imigrantes, como os craques Paul Pogba, cuja família é da Guiné, e Kylian Mbappé, que tem sangue camaronês e argelino.

Além disso, outros dois nasceram em outros países, inclusive o autor do gol da vitória por 1 a 0 sobre a Bélgica, Samuel Umtiti, que veio ao mundo em Yaoundé, capital de Camarões - o outro é o goleiro Steve Mandanda, que nasceu em Kinshasa, capital da República Democrática do Congo. Ambos ficam na África Ocidental.

Apesar de derrotada por Emmanuel Macron nas eleições de 2017, Le Pen conseguiu um resultado histórico para a extrema direita na França, ao chegar ao segundo turno e obter mais de 10 milhões de votos. (ANSA)
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!