TSE prepara campanha para evitar abstenções



Preocupado com a projeção de altos índices de abstenção nas urnas em outubro, o TSE fará campanha convocando os eleitores a votar. O tema não está entre os que a lei obriga o tribunal a divulgar e será a primeira vez que receberá atenção. As eleições suplementares em 2018 acenderam o alerta. No 2.º turno para a escolha do governador do Tocantins, em junho, 51% votaram em branco, anularam ou nem sequer compareceram. As peças serão baseadas em frase do presidente da Corte, Luiz Fux: “Se você não escolher, alguém escolherá por você”. As peças de rádio, TV e internet estão em fase de aprovação. Devem ir ao ar até meados de agosto, quando termina o mandato de Fux. O tribunal também conversa com o Google para a empresa incluir no seu aplicativo de assistente virtual o serviço de lembrete da data da votação, do local, e dos documentos necessários. A abstenção também é preocupação de partidos do centro. A ausência favorece candidaturas dos extremos, que têm maior facilidade em convocar a militância. O PRB, por exemplo, estuda lançar nas redes sociais a campanha “Eu vou votar”.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!