Nas redes sociais, FHC ignora candidatura de Alckmin



O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso completa um mês de sua estreia no Twitter e ainda não usou a plataforma ou sua página no Facebook para pedir votos para Geraldo Alckmin. Ontem, FHC postou: “Só com experiência se governa. Sem convicção não se criam caminhos de futuro. Avalie quem junta estas virtudes e vote”. Não sugeriu, porém, um candidato. Integrante da cúpula da campanha diz que o tucano reage ao fato de ainda não ter sido chamado para gravar o programa de TV de Alckmin. A avaliação é de que ele não agrega votos. Na única manifestação que fez no Twitter mencionando Alckmin, FHC usou o espaço para esclarecer sua declaração de que no 2.º turno o PSDB deve apoiar o PT, caso Haddad dispute com Bolsonaro. “Meu candidato é o Alckmin e vamos ganhar”, postou em 16 de agosto. A assessoria de FHC diz que “em artigos e entrevistas recentes” ele já explicitou que seu candidato é Alckmin e recomendou voto no candidato e que “outras manifestações de apoio serão feitas no momento oportuno”. Faltam três semanas para o primeiro turno da eleição. O mais próximo que FHC chegou da campanha de Alckmin foi há cerca de duas semanas, quando visitou o QG do candidato. Sugeriu subir o tom contra o PT, manter as críticas a Bolsonaro e reforçar o pedido de votos em SP e na Região Sul.

Estadão
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!