Travesti é presa por tentativa de homicídio em Vitória da Conquista


Acusado de tentar matar a travesti Alisson Matos Canguçu, conhecida como Talita, William Gomes Silva, de 24 anos, a Priscila Cavalona, que também é travesti, teve a prisão preventiva cumprida, na sexta-feira (28), em Vitória da Conquista, por equipes da Delegacia de Homicídios (DH), da cidade.


O crime ocorreu no dia 28 de julho deste ano, na Avenida Integração, onde autora e vítima trabalhavam como garotas de programas e foi motivado por vingança. Priscila Cavalona foi localizada em um pensionato, no bairro Kadija, onde ela morava e trabalhava como profissional do sexo.


Priscila Cavalona tentou matar Talita a facadas depois que ela se recusou a pagar uma taxa cobrada pela travesti para trabalhar naquela avenida. Ela foi autuada por tentativa de homicídio e está à disposição da Justiça. A polícia também apura a denúncia de que a travesti teria aplicado silicone industrial em outras colegas de trabalho.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!