Blogueiro Flavio Morgenstern terá que indenizar Caetano Veloso



Oblogueiro Flavio Morgenstern (@flaviomorgen) foi condenado pela 14ª Vara Cível da Justiça do Rio de Janeiro a pagar uma indenização de R$ 120 mil para Caetano Veloso, por ter criado e incitado a divulgação da hashtag #CaetanoPedofilo.


A juíza Flavia Gonçalves Morais Alves afirmou que o blogueiro "instigou que seus seguidores viralizassem a hashtag #Caetanopedófilo e estes, estimulados com a convocação aberta para hostilizar e ofender o autor, responderam imediatamente, espalhando uma onda de ódio e ofensas contra o artista".

A hasthag surgiu em outubro de 2017, quando o grupo MBL (Movimento Brasil Livre) postou nas redes sociais que Caetano teria cometido pedofilia ao manter relação com Paula Lavigne -ambos iniciaram relação quando ela tinha 13 anos e ele, 40. Caetano e Paula decidiram então processar o MBL, e a hashtag entrou nos trending topics do Twitter.

À época do casamento de Caetano e Lavigne, em 1986, contudo, não havia a atual previsão de crime nas relações sexuais entre maiores e menores de 14 anos -a discussão era caso a caso, a cargo do juiz, com base no comportamento do (a) menor. Com informações da Folhapress.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!