Burocracia trava R$ 5 bi para segurança pública, diz coluna



Passados seis meses, os R$ 5 bilhões prometidos por Michel Temer a Estados e municípios para financiamento de projetos na área de segurança estão represados por causa da burocracia. De acordo com a Coluna do Estadão, os recursos do programa BNDES Pró-Segurança Pública ainda não foram liberados pelo banco porque falta a publicação de um documento pelo Ministério da Segurança Pública. O dinheiro serviria para a compra de drones, viaturas, armas de choque e coletes à prova de bala. Após ser procurada pela Coluna, a pasta comandada pelo ministro Raul Jungmann informou que parte da verba será liberada quinta-feira. No caso de Porto Alegre, por exemplo, há projetos de R$ 5 milhões a R$ 40 milhões que a prefeitura gostaria de inscrever. Sem o documento chamado ata de registro, no entanto, não há clareza sobre quais se encaixam nos critérios do programa. O ministério diz que as especificidades regionais exigiram alterações no edital, que atrasaram o cronograma. Acrescenta que já iniciou processo para liberar R$ 930 milhões em coletes e viaturas, mas admite que não haverá tempo hábil para licitar os R$ 4,07 bilhões restantes.

Estadão
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!