Deputada Ângela Sousa perde foro privilegiado no próximo mês



Com o projeto político interrompido, por meio de derrota nas urnas, na eleição de 07 de outubro, a deputada estadual Ângela Sousa (PSD) perderá no mês de dezembro, o gozo do foro privilegiado. A garantia do Foro Privilegiado abrange apenas os políticos que ocupam cargo eletivo. Sem mandato em 2019 e enfraquecida politicamente, Ângela terá pela frente a temida denúncia do Ministério Público Federal, que a colocou no rol dos políticos envolvidos em corrupção. 

A deputada é alvo da Operação Águia de Haia da Polícia Federal, que investiga desvio de verbas públicas do Fundo de Manutenção da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais de Educação (Fundeb) em aproximadamente 20 municípios baianos.

Segundo a denúncia do MPF, a quadrilha atuou por aproximadamente seis anos e realizou contratações superfaturadas no valor de R$ 43.150.000,00, causando prejuízos vultosos aos cofres públicos que estão especificados em cada uma das denúncias já apresentadas no âmbito das investigações. 

A denúncia do MPF com provas robustas da participação da ainda deputada, foi oferecida ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1).
FÁBIO ROBERTO
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!