Enem: Baianos devem ficar atentos ao horário de verão


Neste domingo (4) será o dia "D" para 5,5 milhões de estudantes de várias partes do país. É que todos eles vão resolver a primeira etapa da prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Neste ano, o nervosismo, a ansiedade e a pressão muito presentes entre os participantes ganhou um outro componente: o horário de verão. A partir de 0h de domingo, os relógios terão que ser adiantados em uma hora em dez estados, além do Distrito Federal. A alteração vai gerar quatro horários de fechamento de portões nos locais de prova pelo país. Quando o relógio marcar 10h no Acre, 11h em Roraima, 12h em Mato Grosso e 13h em São Paulo, por exemplo, nenhum inscrito poderá acessar os espaços do exame. Para quem mora na Bahia os portões abrirão às 11h, fecharão às 12h e a prova começará às 12h30. O governo Michel Temer (MDB) chegou a anunciar o início do horário de verão para o dia 18 deste mês, no fim de semana seguinte ao último dia de prova do Enem (11). Mas recuou e definiu a mudança de horário para este domingo. Para o estudante não se perder entre os ponteiros, Vinícius de Carvalho Haidar, coordenador do Poliedro, em São Paulo, ensina um "pacote" de medidas. Uma delas é mudar o relógio antes da virada de sábado (3) para domingo. "Assim ele não vai se confundir de imediato quando o novo horário já estiver em vigor". Outra saída é usar um segundo despertador para acordar. "E contar com a ajuda da rede de afeto, como pais, familiares e amigos para lembrar da mudança no relógio".
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!