Missionário americano morre após ser atacado por flechas de povo isolado na Índia



O missionário americano John Chau, de 27 anos, morreu após ser alvo de flechadas de um povo isolado em uma ilha do arquipélago indiano de Andaman e Nicobar. O caso aconteceu na semana passada, mas fontes policiais confirmaram o fato à agência AFP somente nesta quarta-feira (21).



Chau foi vítima das flechas assim que chegou à ilha Sentinela do Norte, onde a tribo de caçadores coletores vive de forma autônoma. Oficialmente, é proibido visitar esta ilha do Mar de Andaman.



De acordo com diretor-geral da polícia das ilhas Dependra Pathak, John Chau foi à Índia com um visto de turista, mas chegou às ilhas Andaman e Nicobar em outubro com o propósito de evangelizar.



Conforme informações do G1, o missionário teria pagado pescadores locais para que o levassem à ilha. A tribo que vive no local é frequentemente descrita como a mais isolada do mundo e é conhecida por rejeitar qualquer contato com o mundo exterior.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!