Presidente dos EUA publicou sua ideia em perfil no Twitter



O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta segunda-feira (26) que deseja criar um canal de notícias estatal na tentativa de combater a emissora norte-americana "CNN" em todo o mundo.


Em publicações no Twitter, o republicano afirmou que a CNN "exibe ao mundo uma visão parcial e falsa dos Estados Unidos".

Desta forma, "alguma coisa tem de ser feita, incluindo a possibilidade dos EUA criar sua própria rede mundial para mostrar ao mundo quem realmente somos". Além disso, Trump atacou ainda mais a CNN, dizendo que a emissora não tem boa audiência em seu país, mas, fora do país, tem pouca concorrência.


Logo depois dessa publicação, ele informou sua ideia de criar o canal estatal, já que a emissora "tem uma voz poderosa retratando os Estados Unidos de uma forma injusta".

A emissora é um dos alvos prediletos de Trump, inclusive já repetiu diversas vezes que a CNN só divulga "Fake News". O magnata também acusou a imprensa de "ser inimiga do povo americano", além de já ter protagonizado muitos ataques contra jornalistas durante coletivas de imprensa.

No início do mês, o repórter da rede CNN, Jim Acosta, teve sua credencial suspensa pelo magnata e foi banido da Casa Branca. O canal, por sua vez, processou o presidente e Acosta teve sua credencial recuperada até o andamento da ação judicial. (ANSA)
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!