Quatro vereadores de Itapé retornam ao cargo


O desembargador Gesivaldo Brito, presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, determinou o retorno de quatro dos cinco vereadores afastados da Câmara de Itapé, em decisão proferida nesta sexta-feira (14). A decisão beneficia os vereadores Cledson Gomes Alves, o Pocado; Agnaldo Santos Filho, o Agnaldo de Tuca; Eduardo Coelho dos Santos, o Eduardo de Badalo; e Klebson de Jesus Santos, o Dagalinha, que acionaram o advogado Bruno Adry. Eles retornam um dia antes da eleição que definirá a nova Mesa Diretora da Câmara de Itapé, no sul da Bahia, marcada para este sábado (15). A decisão da presidência do TJ-BA suspende liminar que afastou os vereadores em outubro passado pelo juiz Murilo Staut, da 1ª Vara Criminal da Comarca de Itabuna. O quarteto e o presidente da Casa, Nilton Rosa, o Neguinho de Maria Rosa (PP), foram afastados após ação de investigação do Ministério Público Estadual (MP-BA). Os vereadores são acusados de desvios de dinheiro público para compra de gado, reforma de casas e pagamento de dívida com cabos eleitorais. Os desvios seriam superiores a R$ 46 mil. O afastamento de Nilton Rosa, irmão do prefeito Naeliton Rosa (PP), ocorreu em julho. Com o avanço das investigações, Cledson, Agnaldo, Eduardo e Klebson foram afastados em outubro. Hoje, o presidente do TJ-BA apontou risco danoso manter os quatro vereadores afastados do mandato.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!