Rui propõe acabar com mil cargos comissionados


O governador Rui Costa encaminhou, na sexta-feira (30), à Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), um projeto de lei no qual propõe uma nova reforma administrativa do Estado, com o objetivo de, segundo a Secretaria Estadual de Comunicação (Secom), torná-lo mais enxuto e eficiente na prestação de serviços à sociedade. A previsão é de que mais de mil cargos comissionados sejam extintos. Entre as medidas que mais chamam a atenção, está a extinção do Centro Industrial Subaé (CIS) e da Superintendência de Desenvolvimento Industrial e Comercial (Sudic), além da privatização da Bahia Pesca. “Além de dar respostas rápidas e eficazes às demandas sociais, a reforma pretende enxugar, ainda mais, a máquina administrativa, por meio de corte de despesas com cargos comissionados e reestruturação de empresas e autarquias do Estado”, diz nota divulgada pela Secom, na noite de sexta. O texto informa ainda que a reforma visa fortalecer a capacidade executiva do estado “em um contexto de grave crise econômica do País”. Ao justificar a medida, o Governo diz que é importante para manter o equilíbrio fiscal e garantir o total cumprimento de suas obrigações financeiras, novamente citando a “grave crise econômica que atinge todo o país”. Na próxima segunda-feira (3), às 14h30, o governador concederá uma entrevista coletiva à imprensa, na sede da Governadoria, no CAB, para falar sobre o projeto. As informações são do jornal Correio*.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!