Caetité: Mineradora de urânio é condenada por não garantir segurança de terceirizados



A mineradora Indústrias Nucleares do Brasil S.A (INB), em Caetité, foi condenada pela Justiça do Trabalho a pagar indenização de R$ 100 mil por danos morais coletivos por tratar diferenciadamente seus funcionários efetivos e os terceirizados, no treinamento e nos cuidados com a segurança. De acordo com a ação, os terceirizados trabalham sem equipamento de proteção, inclusive numa das áreas da mineração que chegou a ser interditada por risco de contaminação radioativa em 2011. Ainda cabe recurso.



A ação civil pública foi movida elo Ministério Público do Trabalho (MPT), a partir de uma denúncia feita pelo Sindicato dos Mineradores de Brumado e Microrregião.A indenização deverá ser revertida em favor de instituição local de utilidade pública, ainda a ser escolhida. A decisão de condenar a empresa foi proferida pela juíza Karina Carvalho, titular da Justiça do Trabalho em Guanambi. Para a magistrada, a discriminação produziu “além de danos patrimoniais de natureza individual, dano moral em toda a coletividade”.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!