Sem subsídio, Petrobras reajusta o diesel na refinaria em 2,5%


A Petrobras vai elevar o preço médio do óleo diesel nas refinarias em 2,5% por cento a partir do dia 1º de janeiro, a 1,8545 real por litro. O aumento é devido ao fim do programa de subsídio ao combustível, afirmou a companhia em comunicado nesta segunda-feira, 31. O subsídio ao diesel faz parte do acordo feito pelo governo para encerrar a greve dos caminhoneiros, deflagrada em maio deste ano. O programa foi autorizado via medida provisória e posteriormente convertido em lei pelo Congresso. Segundo a Petrobras, o valor é 11,75% inferior ao de 31 de maio de 2018, quando o preço era de 2,1016 reais por litro, último valor médio antes do início do programa do governo federal. “Esta alteração é consequência da variação do câmbio e do preço internacional do diesel no período”, explicou a empresa no comunicado. A companhia também afirmou que o preço é 8,7% menor ao primeiro valor praticado após a subvenção, de 2,0316 reais por litro em 1º de junho. Com o reajuste anunciado, o valor do combustível nas refinarias caiu 2,1% em 12 meses, afirmou a Petrobras. Conforme as regras, participantes do programa como Petrobras, refinarias e importadores de diesel praticaram preços estabelecidos pelo governo, com a garantia de que seriam ressarcidos em até 0,30 real por litro, dependendo de condições do mercado. O governo destacou um montante de 9,5 bilhões de reais para o programa, que foi criado para terminar na virada do ano. (Veja)
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!