Bolsonaro Vai a Muro Das Lamentações Com Netanyahu e Faz Pedido.



Cumprindo o segundo dia de agenda durante visita a Israel, o presidente Jair Bolsonaro visitou, nesta segunda-feira (1º), o Muro das Lamentações, ao lado do premiê Benjamin Netanyahu.


A ida não é vista com bons olhos pela comunidade internacional, já que o local sagrado é compartilhado entre judeus e palestinos. Ao conhecê-lo na companhia do representante de apenas um dos lados, Bolsonaro estaria ignorando a partilha do território.

+ 'É direito deles reclamar', diz Bolsonaro sobre reação da Palestina

Para efeito de comparação, o presidente norte-americano, Donald Trump, preferiu ir ao local sozinho, conforme destaca o site Metrópoles.

No Muro, Bolsonaro depositou um pedido. Questionado por jornalistas sobre o teor, ele respondeu: "Deus, olhe pelo Brasil".

O Muro das Lamentações é o que restou do chamado Segundo Templo de Jerusalém, no lugar do original Templo de Salomão. É conhecido também como Templo de Herodes e considerado pelos judeus um símbolo da aliança divina com o povo hebraico.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!