TJD-SP Volta Atrás e Clayson Pode Perder Final Contra o São Paulo.


Um dia após aceitar o pedido do Corinthians para adiar o julgamento de Clayson para depois da partida de volta da final do Campeonato Paulista contra o São Paulo, que será neste domingo, o Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD-SP) voltou atrás de sua decisão e vai analisar o caso do atacante nesta quarta-feira, segundo a rádio Jovem Pan. A pena pode ser de uma a seis partidas.


Clayson foi enquadrado no artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que é assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva. O atacante foi flagrado em um vídeo divulgado pela TV Corinthians em que ele aparece xingando o árbitro do duelo contra o Santos, Raphael Claus, pela semifinal do Campeonato Paulista.

Ele aparece no túnel de acesso ao vestiário quando ofende o juiz: "Chupa, Claus, seu filho da p...". Horas depois de ter sido postado, o clube cortou o trecho e subiu um novo vídeo sem o xingamento. Durante o jogo, o atacante puxava contra-ataque quando levou a pior em uma dividida. O jogador ficou caído, mas o árbitro mandou a partida seguir e só autorizou a entrada do atendimento quando a bola saiu pela lateral.

Vale lembrar que Raphael Claus será o árbitro do clássico deste domingo, na Arena Corinthians, em São Paulo. Antes, no entanto, ele viajará junto com o restante do elenco para Chapecó (SC), onde o Corinthians enfrentará a Chapecoense nesta quarta-feira, pela rodada de ida da quarta fase da Copa do Brasil.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!