STJ Julga Desembargadora Que Pregou 'P' Pra Jean Wyllys.


Nesta quarta-feira (15), a Corte Especial do STJ irá julgar uma queixa-crime contra a desembargadora Marília Castro Neves, do Rio de Janeiro, acusada de fomentar o ódio na internet ao citar o nome do ex-deputado Jean Wyllys.

A desembargadora escreveu em uma rede social: “Eu, particularmente, sou a favor de um ‘paredão’ profilático para determinados entes... Jean Willis [sic], por exemplo, embora não valha a bala que o mate e o pano que limpe a lambança, não escaparia do paredão....”, publicou.

A declaração de Marília Castro Neves acabou viralizando na internet e gerou uma onda de indignação pelo teor da publicação. Jean Wyllys, então, decidiu abrir uma ação contra a desembargadora.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!