Presidente da Câmara de Ibicaraí recebe alunos do Celem







Na manhã desta segunda-feira 10), os alunos do 3º AM do Colégio Estadual Luis Eduardo Magalhães/CELEM, de Ibicaraí, acompanhados da vice-prefeita do município, Adriana Assis, estiveram em reunião com o presidente da Câmara de Ibicaraí, Sidney Macêdo de Novaes (Ney da Salomeia). 



Na oportunidade, disseram que a cidade possui índices consideráveis de deficientes físicos e em razão disto, consideram necessário o Projeto Sociologia acessibilidade arquitetônica, visando garantir a mobilidade e acessibilidade destes munícipes. Como por exemplo: a adaptação da infraestrutura física, para atender às condições plenas de acessibilidade especiais. 


Além das demarcações dos espaços exclusivos, dentre eles: laboratórios de informática ou ciências aos deficientes ou com mobilidade reduzida, corrimão de acesso, piso tátil, rampas de acesso, banheiros e mobiliários adaptados, rampas com o piso antiderrapante. Adaptação de portas e banheiros, com espaço suficiente a permitir o acesse de cadeiras de rodas, bem como a colocação de barras de apoio nas paredes do banheiro e bebedouros em altura acessível aos usuários cadeirantes.


Na ocasião, o presidente da Câmara parabenizou os alunos do 3º AM CELEM de Ibicaraí, pela iniciativa, confirmou o apoio ao Projeto, e disse que é a única forma de eliminar barreiras físicas e favorecer a inclusão de pessoas com deficiência. “Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza. Na realidade, esse projeto tem a finalidade, de garantir um Direito Constitucional na luta pela acessibilidade e igualdade”, disse o vereador Ney.
O projeto “Despertando o olhar para a acessibilidade e a sua inclusão na sociedade em Ibicaraí”, está sendo aplicado nas turmas do 3º ano matutino do CELEM, sob a monitoria das estudantes em Licenciatura Interdisciplinar em Humanidades da Universidade Federal do Sul da Bahia, Renatta Assis e Luciane Alves, e sob a supervisão da professora de Sociologia Adriana Assis. O projeto consiste em apresentações expositivas; análise da Lei nº13.146/15 (Estatuto da Pessoa com Deficiência), um embasamento para que possamos utilizar de forma estruturada a aplicação de um projeto de intervenção que atinja a comunidade escolar como um todo partindo do princípio do respeito às lutas e igualdades sociais; análise da Lei nº 10.098, de 19 de dezembro de 2000, a qual estabelece normas gerais e critérios básicos para a promoção da acessibilidade das pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade reduzida, e dá outras providências; rodas de Conversas; análise de textos; reportagens; debates; palestras; visitas; análise da cartilha da LBI,10 de julho de 2015 (Lei Brasileira de Inclusão) e criação de um Instagram para a divulgação das atividades realizadas
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!