Perdendo Fiéis e Com Obras Paralisadas, Igrejas De Flordelis Entram Em Crise.


A morte do pastor Anderson do Carmo de Souza, que completou três semanas neste sábado (6), desencadeou uma crise nas igrejas fundadas por ele e por sua mulher, a deputada federal Flordelis (PSD). Na última quarta-feira, uma das filiais , que fica no bairro de Pendotiba, Niterói, foi fechada. O Ministério Flordelis, apesar de levar o nome da parlamentar, era administrado por Anderson, que exercia o cargo de presidente.


Com o assassinato do pastor Anderson, o ministério também perdeu outra importante liderança. Um dos filhos adotivos dele com Flordelis , o vereador de São Gonçalo Misael, cujo nome de batismo é Wagner de Andrade Pimenta, resolveu deixar a igreja fundada pelos pais. O rapaz, que também é pastor, trabalhava na administração dos templos com Anderson. Além de Misael, outro filho adotivo do casal, Luan Santos, também pastor, resolveu sair do ministério após o crime, cometido na casa da família, em Niterói, no último dia 16.

Na quarta-feira passada, cinco dias após o desligamento de Misael e Luan, Flordelis decidiu fechar uma de suas seis igrejas, a de Pendotiba, mesmo bairro onde fica a casa da família. Sua assessoria afirma que o fechamento é temporário e alega que os dirigentes da unidade se desligaram após a morte do pastor, por isso não há ninguém para realizar os cultos. O mesmo movimento está acontecendo em outras igrejas, que também correm o risco de fechar as portas.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!