Comunidade Científica Precisa Reagir a Ataques De Bolsonaro, Diz Wagner.



O senador Jaques Wagner (PT) cobrou reação da comunidade científica diante dos recentes ataques do presidente Jair Bolsonaro (PSL) aos mecanismos que apontam para o crescimento do desmate da Amazônia.

“É de extrema importância o debate sobre esses dados não só para discutir as ações de fiscalização do Ministério do Meio Ambiente e reagir às consequências da perda de autonomia científica na produção de estudos de monitoramento ambiental”, afirmou o petista.

Vice-presidente da Comissão do Meio Ambiente do Senado, Wagner é autor de um requerimento que convida Ricardo Galvão, ex-diretor do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), a apresentar detalhes sobre o desmatamento no país. O pedido foi aprovado nesta quarta (14).

Dados do Inpe mostram que o desflorestamento na Amazônia no mês de junho foi cerca de 57% maior do que no mesmo mês do ano passado.

Bolsonaro, por sua vez, chamou os números de mentirosos e acusou Galvão de agir “a serviço de alguma ONG”. O então diretor foi exonerado do cargo no início do mês.

“O Inpe, que atua há 60 anos com amplo reconhecimento, tem sido alvo de críticas sem fundamento”, diz Jaques Wagner.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!