O Líder Indígena Que Morreu Por Causa Do Contato Com o Mundo Exterior.



Chagabi Etacore era uma criança em 1986 quando ouviu um helicóptero pairando sobre sua casa na floresta do Chaco, no Paraguai.


Membro da tribo ayoreo totobiegosode, Chagabi nunca tinha visto o mundo exterior, fora da floresta. Sua família era nômade, dormia em volta de uma lareira e cultivava melões no solo arenoso da mata. A chegada do helicóptero marcou o fim da vida que Chagabi conhecia até então.


Caminhões então entraram no local. Outro grupo de indígenas correu para a clareira onde a tribo de Chagabi havia montado o acampamento. Esses povos indígenas, anteriormente cooptados por missionários, tentaram capturar toda a tribo ayoreo totobiegosode.


Uma batalha se seguiu, mas os ayoreo totobiegosode acabaram se rendendo. Foram forçados a entrar nos caminhões. Depois, foram levados para uma base montada por um grupo de cristãos fundamentalistas americanos conhecido como Missão Novas Tribos.


Os missionários haviam enviado indígenas já evangelizados em uma "caçada" para capturar a tribo de Chagabi.


Na missão, Chagabi e sua comunidade viveram durante anos em servidão não remunerada e foram expostos a doenças para as quais não tinham imunidade. Muitos índios morreram nesse processo. Chagabi contraiu uma infecção pulmonar crônica da qual sofreu pelo resto da vida - e que pode ter causado sua morte na semana passada.



Apesar de sua idade exata ser desconhecida, acredita-se que Chagabi tinha pouco mais de 40 anos.


"Chagabi queria um mundo em que os direitos humanos fossem respeitados", disse Lucas Bessire, professor associado de antropologia da Universidade de Oklahoma, que passou muito tempo morando com os ayoreo e trabalhou em estreita colaboração com Chagabi. "Um mundo onde pessoas de qualquer origem tivessem a oportunidade de realizar seus próprios objetivos em seus próprios termos."


Na década de 1990, Chagabi foi uma força motriz no empenho para que alguns ayoreo totobiegosode pudessem se afastar a missão cristã para criar suas próprias comunidades.


Em sua curta vida, Chagabi conseguiu realizar muita coisa em diversas áreas de atuação: ele foi professor, agente de saúde, cineasta, ativista contra o desmatamento, negociador político, tradutor e pai de três filhos.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!