Cinco Mortos Em Protestos Contra Aumento Dos Combustíveis No Equador.


Cinco civis, incluindo um líder indígena, morreram nos protestos nacionais no Equador pela retirada do subsídio de combustível e o anúncio de reformas econômicas e laborais, indicou hoje uma organização nacional de defesa dos direitos humanos.


Os dados são da 'Defensoría del Pueblo', uma instituição nacional de defesa dos direitos humanos, e dizem respeito a confrontos entres manifestantes e forças da ordem desde que os protestos começaram, há uma semana.

"A primeira vítima é um homem que foi esmagado no domingo na província de Azuay (sul). As outras quatro morreram em Quito [capital do Equador]", explicou uma fonte da instituição.

Segundo a organização, Inocencio Tucumbi, líder indígena da província de Cotopaxi, morreu durante a manifestação de quarta-feira em Quito. A causa de morte não foi especificada.

O balanço anterior apontava para um morto e 766 detenções.

"Pedimos ao Governo que acabe com a violência e garanta o direito de manifestar pacificamente", diz o comunicado da instituição.

De acordo com a Cruz Vermelha, as manifestações já provocaram pelo menos 122 feridos em uma semana.

Oito polícias foram retidos hoje por nativos equatorianos mobilizados em Quito, segundo a agência de notícias France-Presse. Os membros das forças policiais, sete homens e uma mulher, foram apresentados em público durante um encontro de manifestantes no norte da capital.

O Presidente equatoriano, Lenin Moreno, vai tentar hoje retomar o diálogo com a comunidade indígena indignada, após a manifestação em Quito.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!