Cachorrinho Morre De Ataque Cardíaco Por Medo De Fogos-De-Artifício



A dona de um cachorro de apenas 18 semanas de vida garante que o pequeno animal morreu por causa de um ataque cardíaco causado pelo medo do barulho de fogos-de-artifício. Susan Paterson, a dona do terrier, diz que o animal "morreu de medo" por causa das "explosões barulhentas" que se ouviram na área de Wombwell, em South Yorkshire, Inglaterra.


A mulher recorreu às redes sociais para denunciar o caso. "Pensem nos animais. A Molly tinha 18 semanas de idade e morreu assustada com os fogos-de-artifício", escreveu, solicitando às pessoas que assinem a petição que pede uma revisão das leis sobre uso de material pirotécnico.

A petição já conta com mais de 530 mil assinaturas.

De acordo com a Sky News, a RSPCA, maior associação de apoio animal do Reino Unido, recebeu desde 2014 mais de 2.200 queixas por causa do uso de fogos-de-artifício e do seu impacto nos animais.

Veja o vídeo de um Border Collie a tremer de medo depois de ouvir o barulho dos fogos-de-artifício. O vídeo foi filmado na Escócia e publicado nas redes sociais pela dona, Karen Palmer, que o tenta acalmar.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!