Bolsonaro: Me Acusam De Ser Autoritário, Mas Ouço Meus Conselheiros.



O presidente Jair Bolsonaro disse na manhã desta terça-feira, 3, que, apesar de ser acusado de autoritarismo, escuta conselheiros para decisões que toma. Antes, o mandatário havia apontado como conselheiros, "além da população a qual devo lealdade", autoridades como o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, ministros de seu governo e o presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), José Mucio Monteiro.


Bolsonaro e as autoridades citadas por ele participaram de evento da Controladoria Geral da União (CGU) sobre combate à corrupção. "Ouso dizer que meus conselheiros, além da população a qual devo lealdade, são essas pessoas e aquelas ao seus lados", disse Bolsonaro.

"Por mais que me acusem de autoritário, para as decisões que tomo escuto grandes partes desses atores que acabei de citar. Porque a chance de errar é mínima, e chance de vitória passa a ser a maior possível", disse Bolsonaro.

O presidente afirmou ter o hábito diário de buscar um versículo bíblico para seguir. Hoje, disse Bolsonaro, a frase lida foi: "Quem sai à guerra precisa de orientação, e com muitos conselheiros se obtém a vitória".
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!