Hospital Da Mulher Completa Três Anos Com 650 Mil Atendimentos e Perspectiva De Ampliação.



Cerca de 650 mil atendimentos e 27 mil cirurgias já foram realizados pelo Hospital da Mulher (HM), que completa três anos no dia 9 de janeiro. Mulheres dos 417 municípios da Bahia já foram atendidas na unidade.

Localizado no Largo de Roma, em Salvador, a unidade é referência na promoção de serviços à saúde da mulher e primeiro hospital 100% SUS do Estado da Bahia a receber o prêmio nacional Dr. Pinotti – Hospital Amigo da Mulher.

Segundo o diretor médico do HM, Paulo Sérgio Andrade, o hospital possui 163 leitos e oferece nove especialidades, além das áreas de apoio. Para 2020, a perspectiva é de ampliação.

“Neste ano, nós vamos concluir mais uma ampliação, com a implantação do serviço de radioterapia e de um novo serviço de imagem com ressonância. Para o futuro, nosso grande plano é ampliar as áreas de ensino e pesquisa”, afirmou.

O hospital atende exclusivamente mulheres com procedimentos agendados. “Qualquer mulher, de qualquer lugar da Bahia, pode procurar a Secretaria Municipal de Saúde e será encaminhada para cá, através de um software chamado Lista Única. Com isso, 62% das mulheres atendidas aqui são do interior da Bahia, permitindo a interiorização do atendimento às mulheres”, explicou o diretor médico.

Atendimento humanizado

Consolidada na posição de maior unidade dedicada às doenças específicas do aparelho reprodutor feminino do Brasil, a unidade preza pelo atendimento humanizado e acolhedor, como destaca a comerciante Mariana de Jesus, que mora em Camaçari, na região metropolitana.

“Eu fui encaminhada pelo posto de saúde para fazer os exames. Eu tenho uma tia que já foi atendida aqui e minha mãe fez o tratamento do câncer. Somos todas muito bem atendidas. Eu só tenho a agradecer que exista este hospital para as mulheres”, afirmou.

AME

Outro serviço oferecido pelo Hospital da Mulher é o AME, que recebe vítimas de violência sexual. “Este é um atendimento de portas abertas. Não precisa de marcação prévia”, ressalta o diretor médico.

O Serviço AME orienta que os atendimentos de emergência – primeiro atendimento – sejam realizados em até 72 horas da violência para um melhor prognóstico. Ao passarem pela unidade, as pacientes realizam exames laboratoriais sorológicos, profilaxia para HIV e ISTs, contracepção de emergência e exames médicos periciais.

Para isso, o AME dispõe de equipe multiprofissional com médicas ginecologistas, enfermeiras, assistentes sociais, psicólogas e farmacêuticas. O serviço funciona também a partir de encaminhamento pela rede de enfrentamento à violência contra a mulher.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!