Hospital Costa do Cacau tem protocolo de Classificação de Risco


O setor de emergência do Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, organiza o atendimento aos pacientes por meio do Protocolo Estadual de Classificação de Risco. Esse procedimento, utilizado para acolher e classificar o risco dos pacientes, tem como base o Protocolo de Manchester, método de triagem que estabelece escala de urgência para atendimento de enfermos, criado em 1997, na Inglaterra. Anderson Franco, gerente de Enfermagem do HRCC, destaca que essa ferramenta de organização das chamadas “filas de espera” no serviço de saúde, tem como finalidade priorizar os atendimentos por potencial de risco, agravo à saúde ou grau de sofrimento, de acordo com os sinais e sintomas apresentados pelos pacientes, garantindo um atendimento resolutivo e humanizado. A classificação do estado do paciente é realizada por enfermeiro capacitado, que ao avaliar individualmente, por ordem de prioridade e chegada do mesmo, faz classificação por gravidade e tempo de atendimento. O atendido recebe uma pulseira com a coloração correspondente ao seu agravo e tempo de espera.


Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!