Custo da cesta básica aumenta em Itabuna e Ilhéus


A cesta básica em Itabuna passou a custar R$ 392,65 no mês de fevereiro, um aumento de 7,22% comparativamente ao mês de janeiro. Dos 12 itens que compõem a cesta básica, nove aumentaram de preço: tomate (50%), banana (8,20%), arroz (8,15%), açúcar (6,55%), óleo (3,42%), farinha (2,36%), manteiga (1,89%), pão (0,87%) e carne (0,75%) Em contrapartida, reduziram de preço os seguintes itens: café (24,12%), feijão (6,58%) e leite (1,79%). Em fevereiro, o tempo de trabalho despendido para se obter a cesta básica em Itabuna foi de 89 horas e 51 minutos, um comprometimento de 40,84% do salário mínimo líquido de R$ 961,40 – descontando-se 8% de contribuição previdenciária do salário bruto de R$ 1.045,00 - para adquirir os 12 itens da cesta. Em Ilhéus, a cesta passou a custar R$ 375,42 no mês de fevereiro, um aumento de 4,41% comparativamente ao mês de janeiro. Dos 12 itens que compõem a cesta básica, nove aumentaram de preço: tomate (17,19%), manteiga (6,36%), óleo (6,23%), leite (6,01%), carne (5,47%), pão (3,24%), açúcar (2,09%), café (1,79%) e arroz (1,57%). Em contrapartida, reduziram de preço os seguintes itens: farinha (-7,43%), banana (-6,32%), e feijão ( -1,58%). Em fevereiro, o tempo de trabalho despendido para se obter a cesta básica em Ilhéus foi de 86 horas e 54 minutos, um comprometimento de 39,05% do salário mínimo líquido de R$ 961,40 – descontando-se 8% de contribuição previdenciária do salário bruto de R$ 1.045,00 - para adquirir os 12 itens da cesta. (Accb/Uesc)
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!