MP-BA pede inclusão de atos anti-democráticos em Salvador em investigação da PGR



O Ministério Público da Bahia, através do procurador Rômulo de Andrade Moreira, pediu que o Procurador-Geral da República Augusto Aras inclua as manifestações "anti-democráticas" do último domingo (19) (relembre aqui), na investigação pedida pelo Supremo Tribunal Federal (relembre aqui).



"Como se sabe, o Supremo Tribunal Federal, atendendo pedido do Procurador-Geral da República, autorizou a instauração de inquérito para investigar manifestações ocorridas no Distrito Federal em que se pedia um novo Ato Institucional (nos moldes do AI-5), bem como o fechamento de instituições republicanas e democráticas, como a própria Suprema Corte e o Congresso Nacional", explica pedido.



O procurador acrescenta que uma manifestação também ocorreu aqui em Salvador."Os participantes proferiram palavras contra a democracia, especialmente pedindo um novo AI-5 e o fechamento do Supremo Tribunal Federal e do Congresso Nacional ; inclusive, um dos manifestantes, aqui em Salvador, afirmou, segundo um vídeo divulgado no Twitter pelo site Bahia Notícias, que: “Nós não estamos aqui hoje pensando que nós vamos resolver o problema comunista no Brasil através das urnas. Comunista só ouve o som do fuzil”, disse. 



"Requeremos a Vossa Excelência que seja solicitado ao Procurador-Geral da República que as manifestações ocorridas nesta Capital sejam incluídas nas investigações do inquérito, cuja abertura foi autorizada pelo Supremo Tribunal Federal", finaliza o pedido.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!