Generais do Palácio do Planalto são contra militar no comando da Saúde, diz coluna



Os ministros militares que têm assento no Palácio do Planalto são 100% contra que Jair Bolsonaro nomeie um militar para comandar o Ministério da Saúde. A informação é da coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo.

Segundo a publicação, desde sexta-feira (15), entre apontados como cotados para suceder Nelson Teich estavam o general Eduardo Pazuello, atual ministro interino, e o contra-almirante Luiz Froes, diretor de Saúde da Marinha.

Os ministros já disseram a Bolsonaro que botar um militar para ser o número 1 da Saúde é “levar para o colo das Forças Armadas o problema da Covid”, de acordo com o relato de um desses generais.

Tampouco qualquer um desses militares tem apreço pela solução Osmar Terra. Esses são os conselhos do núcleo duro do governo para Bolsonaro.
Compartilhe no Google Plus

Sobre TRIBUNA DE IBICARAÍ

Informação: esse é o compromisso de todos os dias do Tribuna de Ibicaraí. Um site de credibilidade que tem o orgulho de proporcionar diariamente aos seus leitores informação com ética, qualidade e independência editorial. Atualmente, o Tribuna de Ibicaraí conta com uma equipe que produzem análises consolidadas, apuração com profundidade, contextualização da notícia e abordagem dos fatos como eles realmente acontecem. Essas são as qualidades que fazem do Tribuna de Ibicaraí um site de credibilidade!